AstraZeneca/Oxford

 Vacina da AstraZeneca/Oxford University

Vacina COVID19

Testes com a vacina Oxford mostram que ela impede 70% das pessoas de desenvolverem os sintomas de Covid19.

Os dados também mostram uma forte resposta imunológica em pessoas mais velhas.

Também há dados intrigantes que sugerem que o aperfeiçoamento da dose pode aumentar a proteção em até 90%

É administrado em duas doses

Duas doses completas da vacina Oxford deram 62% de proteção, uma meia dose seguida por uma dose completa foi de 90% e, no geral, o ensaio mostrou 70% de proteção.

Os ensaios com mais de 20.000 voluntários ainda estão em andamento

Esta pode ser uma das vacinas mais fáceis de distribuir, porque não precisa ser armazenada em temperaturas muito baixas.

É feito de uma versão enfraquecida de um vírus do resfriado comum de chimpanzés, que foi modificado para não crescer em humanos.


Eficácia: 90%

(com base em 2.700 voluntários), que receberam uma primeira meia dose e passado um mês foram inoculadas com uma dose completa.

Tipo: Vetor viral (vírus geneticamente modificado).

Doses: 2X

Preço: 3 euros por dose.

Capacidade de produção: AstraZeneca e a Univerisdade de Oxford garantem a produção com uma capacidade de até três mil milhões de doses da vacina em 2021.

Armazenamento: a vacina da AstraZeneca, segundo os investigadores, se conserva no frigorífico em temperaturas entre os dois e os oito graus durante um período de seis meses, podendo ser mais fácil de transportar, distribuir e conservar em qualquer parte do mundo.

(em atualização)